quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Realidade aumentada. Para quê ? Por quê ?












Vamos utilizar realidade aumentada nesse projeto.
E a euforia toma conta dos desenvolvedores ! (para o bem ou para o mal rs)
Mas para quê e por quê ? É.... olha.... veja bem....


Definindo realidade aumentada


Não é a primeira vez que falamos sobre realidade aumentada por aqui.
Dê uma olhada nesse artigo http://blog.mobsource.com.br/2014/07/realidade-aumentada-com-android-e.html
Traduzindo da maneira mais simples possível, realidade aumentada é todo tipo técnica e interação com algo virtual como se fosse real. Veja vários exemplos no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=IP5le6lZ_bw



Mas para quê ?
















E começa aqui a discussão ... rs
É verdade que a realidade aumentada é um recurso que melhora a experiência do usuário, causando um impacto tão forte que o aplicativo vira uma referência.
Aplicativos promocionais, educacionais e de entretenimento acabam se dando muito bem na utilização da realidade aumentada.
Mas no momento da concepção do projeto, poucos se perguntam para quê utilizariam esse recurso.
Imaginam que os efeitos e a interação vão convencer imediatamente o cliente.
Lembro em determinada situação, em uma reunião, foi proposto a utilização de realidade aumentada. Sabe qual foi a resposta do cliente ?
- "Não somos a disney !"





















Então, por quê ?


Nessa hora, os entusiastas de realidade aumentada se jogam pela janela !



















Essa é a segunda pergunta mais importante que devemos fazer antes de escolher a realidade aumentada em um projeto. Por quê ?
Infelizmente alguns aplicativos acabam ficando sem sentindo/confuso e perdendo a usabilidade justamente pelo uso desnecessário dessa tecnologia. Por isso, é importante questionar que tipo de usabilidade e sentido vai trazer ao projeto.


Então, quando usar ?



Em poucas palavras... quando for útil !











Por que o aplicativo ficaria melhor com realidade aumentada ?
Como ele facilitaria o aprendizado na utilização do aplicativo ?
Que benefícios práticos ele traria ?
De que formas ele seria útil no projeto ?
Que tipo de impacto esperamos nos usuários ?
Qual o sentido dele no projeto ?
Enfim, são apenas algumas perguntas que melhoram os critérios na utilização da realidade aumentada.


Concluindo


Realidade aumenta é um excelente recurso, desde que útil e utilizado da forma correta !
Da próxima vez que alguém sugerir a utilização desse recurso, lembre-se dessas perguntas.
Coloque-as na reunião de definição do projeto e possivelmente evite um "hadouken" lá na frente. :)